Página Inicial
Institucional
Sobre a Clínica
Histórico
Equipe
Exames
Convênios
Localização
Fotos da Clínica
Outros
Dúvidas e Dicas
Links
Notícias
Artigos
Contato
Login:
Senha:
 
Ligue Agora:
(51) 3061-9999
Porto Alegre, terça-feira, 22 de julho de 2014
Clínica Equipe Exames Artigos Notícias Contato Perguntas e Respostas
 
Perguntas e Respostas
Voltar para Página Anterior Pesquisar Notícias
:: Tire suas dúvidas
 
Existe alguma relação entre o umbigo da mãe e o cordão umbilical do feto? E entre o ritmo cardíaco materno e o ritmo cardíaco fetal?
 
O umbigo materno é apenas a cicatriz, que todos temos, do seu próprio cordão umbilical, que foi cortado quando nasceu. O cordão umbilical é formado pelo entrelaçamento da veia umbilical com as duas artérias umbilicais, e ele liga a placenta ao abdome fetal, por onde penetra a veia umbilical (FIGURA 10). Assim, não existe relação anatômica ou funcional entre o cordão umbilical do bebê e o umbigo da mãe.
Quanto à relação do ritmo cardíaco fetal com o materno, também aí deve-se levar em conta que, apesar de intimamente ligados, o feto e sua mãe têm corações próprios, com sistemas elétricos e circulações independentes, não havendo aceleração ou redução da freqüência cardíaca de um devido a aceleração ou redução da freqüência do outro. Obviamente, algumas substâncias ingeridas pela mãe que tenham efeito sobre sua freqüência cardíaca podem cruzar a placenta e causar efeito semelhante no feto. Entretanto, esse efeito depende do mesmo agente causal (a medicação, por exemplo) e não da resposta materna à mesma.
 
 
 
 
Copyright © 2004 Ecofetal | Política de Privacidade | Desenvolvido por M23